Quick menu de navegação :

  1. Ir para o conteúdo
  2. Ir para o menu principal da secção
  3. Ir para a ferramenta de pesquisa
  4. Ir para o menu Ajuda
  5. Ir para o Módulo
  6. Vá para a lista de atalhos de teclado

Menu Ajuda :

  1. Sanofi Mundial |
     
  2. Sites Sanofi no Brasil |
     
  3. Sites do Grupo |
     
  4. Contato |
  5. Mapa do Site |
  6. Ajuda
  1. RSS
  2. Tamanho da fonte

    Reduzir Aumentar  
 
 

Hipertensão

Conteúdo :

Como saber se sou hipertenso?

Uma pessoa é considerada hipertensa quando a sua pressão arterial estiver maior ou igual a 140/90 mmHg (ou 14 por 9). Essa medida deve ser confirmada várias vezes por profissional capacitado com aparelho corretamente calibrado.

 
CLASSIFICAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL (em mmHg)
PRESSÃO SISTÓLICAPRESSÃO DIASTÓLICA
ÓtimaAbaixo de 120Abaixo de 80
NormalAbaixo de 130Abaixo de 85
LimítrofeDe 130 a 139De 85 a 89
Hipertensão leveDe 140 a 159De 90 a 99
Hipertensão moderadaDe 170 a 179De 100 a 109
Hipertensão graveAcima de 180Abaixo de 110
Valores de referência para adultos acima de 18 anos.
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia
Essa você não sabia!
Se hoje medir a pressão arterial é relativamente comum, o mesmo não acontecia há um século atrás. Devemos a invenção do método a um médico italiano, dr. Scipione Riva-Rocci, que, em 1896 - portanto há pouco mais de um século - teve a idéia de usar uma braçadeira ligada a um manômetro de mercúrio e publicou a descoberta na Gazeta Médica de Turim. Foi um sucesso!

Em 1905, um médico russo, dr. Korotkoff observou que o fluxo sangüíneo emitia um barulho perceptível colocando um estetoscópio sob a braçadeira. Desinflando a braçadeira, ele podia medir a pressão do coração em fase de relaxamento. Esta braçadeira de um século de existência, salvo por alguns detalhes, é praticamente a mesma usada nos dias de hoje!

Mas era preciso aprender a interpretar essas medidas. Acreditava-se que a pressão alta – assim como o aumento de temperatura - indicava uma doença. A tuberculose e a febre tifóide eram consideradas doenças de pressão baixa! Essas observações intrigaram durante muito tempo os médicos, que procuravam associar as variações de pressão a doenças conhecidas, sem imaginar que a hipertensão era por si só uma doença.
 

Atualizado em: 15 de Maio de 2008