Farmacovigilância

Sua segurança é a nossa missão!

Você sabia que a Sanofi acompanha e registra os eventos adversos de todos os seus medicamentos? Esse trabalho é feito pela Farmacovigilância e consiste em detectar, avaliar, compreender e prevenir eventos adversos ou qualquer outro efeito relacionado à administração de medicamentos.

Por meio deste constante monitoramento, conseguimos antecipar riscos que não haviam sido identificados, avaliar a necessidade de atualização da bula do medicamento e, até mesmo, se é necessária a implementação de alguma outra ação adicional, como por exemplo: a distribuição de cartas aos profissionais de saúde, a fim de alertar sobre um novo risco ou restrição de bula, distribuição de materiais educacionais para os profissionais de saúde, visando a melhor orientação do paciente por meio deste profissional, campanhas educativas para a população sobre estes riscos, entre outros.

O que relatar?

Existem diferentes cenários de Farmacovigilância, sendo o evento adverso o mais conhecido. O evento adverso refere-se a qualquer indício desfavorável ou não intencional, sintoma ou doença, associado ao uso de um medicamento independentemente de estar ou não relacionado a este produto.

Além dos eventos adversos, os cenários de Farmacovigilância também incluem:
  • Uso indevido de medicamento ou de forma diferente da recomendada em bula
  • Abuso do medicamento: uso intencional, persistente ou esporádico de medicamentos para fins não terapêuticos
  • Falta de eficácia: quando o medicamento não surte o resultado esperado
  • Superdosagem: uso de medicamentos acima da dose diária recomendada em bula (acidental ou intencional)
  • Exposição durante a gravidez ou amamentação: uso de medicamentos por pacientes gestantes ou em período de amamentação.
  • Exposição ocupacional: contato acidental com um medicamento durante atividade profissional.
  • Indicação não aprovada em bula ou ‘uso off label’: quando o medicamento é prescrito para tratamento não aprovado em bula
  • Efeitos benéficos inesperados: melhora ou cura de algum sintoma ou da doença não identificada em bula após o uso do medicamento
  • Suspeita de transmissão de um agente infeccioso (como bactérias, fungos, vírus) por meio de medicamento
  • Erro de medicação: qualquer erro não intencional na prescrição, armazenamento, dispensação, preparação ou uso de medicamentos na prática clínica

É com o seu relato que melhoramos ainda mais a segurança dos nossos medicamentos

Você tem um papel fundamental na atualização de informações de segurança de um medicamento ao comunicar eventos adversos apresentados por você, amigos e familiares durante ou após o tratamento. Estas informações são tratadas de forma confidencial e contribuem para a contínua avaliação do perfil benefício-risco dos medicamentos.

Fazer seu relato é simples, basta entrar em contato com o nosso Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) no telefone 0800.703.0014, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h ou pelo formulário disponível neste site.

Clique aqui e notifique