Semana Mundial da Imunização começa nessa sexta-feira (24)

São Paulo, 9 de junho de 2020 — Mais do que nunca estamos vivendo na pele a dificuldade de enfrentar uma doença com grande potencial de transmissão, sem um tratamento eficaz cientificamente comprovado.

A impotência diante do coronavírus reacende uma discussão sobre a importância das medidas preventivas e da pesquisa para o desenvolvimento de vacinas.1 Líder global em pesquisa e desenvolvimento de vacinas, a Sanofi Pasteur, que há mais de 100 anos busca inovação, qualidade e segurança para levar ao mundo produtos que salvam vidas2, não poderia deixar passar em branco esta semana que celebra, em todo o mundo, a imunização e todas as conquistas já alcançadas pelos milhares de cientistas que dedicaram sua vida ao desenvolvimento da saúde.

A vacinação é a forma mais eficaz de prevenção de doenças, salvando milhões de vidas todos os anos3 e é um dos temas mais relevantes na área da saúde. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), entre 2 e 3 milhões de mortes são evitadas por ano no mundo com a vacinação.4 Por esses e tantos outros motivos, a organização lidera a Semana Mundial da Imunização, que começa no dia 24 de abril e vai até 30 de abril. A data promove a importância da prevenção de doenças em indivíduos de todas as idades.5

“Vacinar-se é um ato para toda a vida, mas fazê-lo quando adulto não é muito comum e as pessoas nem sabem que é necessário, mas algumas vacinas tendem a perder a eficácia ao longo do tempo e exigem uma dose de reforço para continuar protegendo o indivíduo. Além disso, há vacinas que são exclusivas para adolescentes e adultos, que deveriam ser lembradas”, revela Dra. Sheila Homsani, diretora médica da Sanofi Pasteur.

Continuar de olho na carteira de vacinação ao crescer é fundamental para manter a proteção contra certas doenças e manter a qualidade de vida. Protegidos, os adultos podem evitar a transmissão de doenças a seus familiares e colegas de trabalho.6

No Brasil, o Calendário Nacional de Vacinação, parte do Programa Nacional de Imunização (PNI), contempla indivíduos de diversas idades, com 19 vacinas disponibilizadas na rotina de imunização.7 Cada fase da vacinação, variando com a idade, tem sua relevância na manutenção da proteção contra doenças que prejudicam a qualidade de vida dos indivíduos e podem até levar à morte.8

As vacinas contempladas no calendário nacional possibilitam a prevenção de doenças, que podem ser letais como, por exemplo:

  • Difteria, Tétano, Coqueluche, Hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae b: essas 5 doenças podem ser prevenidas nos primeiros meses de vida do indivíduo, pela vacina Pentavalente.9 Na rede privada, também é possível encontrar a vacina Hexavalente, que garante imunização ainda contra a poliomielite associada às vacinas mencionadas acima.
  • Meningite meningocócica C: causada pela bactéria Neisseria Meningiditis do sorogrupo C, a doença tem sua imunização nos primeiros meses de vida e reforço (ou dose única, dependendo da situação vacinal anterior) na adolescência 7. Gripe: causada pelas três cepas do vírus Influenza (A, B e C), a gripe deve ter sua vacina tomada anualmente e por indivíduos de todas as idades11, ainda que existam os grupos prioritários, formados por indivíduos acima de 55 anos de idade, crianças de 6 meses a 6 anos de idade, gestantes, puérperas, pessoas privadas de liberdade e profissionais da saúde.12 Na rede pública, a vacina disponível é a trivalente, que imuniza contra três tipos do vírus influenza: dois do tipo A e um do tipo B 9. Na rede privada, fica disponível também a vacina quadrivalente, que oferece proteção ampliada contra as duas cepas A e duas B, imunizando contra quatro tipos de vírus.13

Durante a Semana Mundial da Imunização de 2020, a OMS e seus parceiros visam demonstrar o valor das vacinas para crianças, comunidades e o mundo; mostrar como a rotina de imunização é a fundação para sistemas de saúde fortes e resilientes; e destacar a necessidade de desenvolver o progresso da imunização enquanto aborda as lacunas, inclusive por meio do aumento do investimento em vacinas e imunização.1

Sobre a Sanofi

A Sanofi se dedica a apoiar as pessoas ao longo de seus desafios de saúde. Somos uma companhia biofarmacêutica global com foco em saúde humana. Prevenimos doenças por meio de nossas vacinas e proporcionamos tratamentos inovadores para combater dor e aliviar sofrimento. Nós estamos ao lado dos poucos que convivem com doenças raras e dos milhões que lidam com doenças crônicas.

Com mais de 100 mil pessoas em 100 países, a Sanofi está transformando inovação científica em soluções de cuidados com a saúde em todo o mundo.

Referências
  1. World Health Organization. Disponível em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/advice-for-public. Acesso em: 15/04/2020
  2. Sanofi. Disponível em: https://www.sanofi.com.br/pt/quem-somos/areas-de-atuacao/sanofi-pasteur. Acesso em: 15/04/2020
  3. World Health Organization. Disponível em: https://www.who.int/news- room/events/detail/2020/04/24/default-calendar/world-immunization-week-2020. Acesso em: 13/04/2020
  4. World Health Organization. Disponível em: https://www.who.int/news-room/fact- sheets/detail/immunization-coverage. Acesso em 14/04/2020
  5. World Health Organization. Disponível em: https://www.who.int/news- room/events/detail/2020/04/24/default-calendar/world-immunization-week-2020. Acesso em: 13/04/2020
  6. INSTITUTO NACIONAL DE C NCER. Perguntas Frequentes - HPV. Website INCA. Disponível em: https://www.inca.gov.br/perguntas-frequentes/hpv Acesso em: 15 de abr. de 2020.
  7. Ministério da Saúde. Disponível em: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/sobre-o-programa. Acesso em 13/04/2020
  8. Centers of Disease Control and Prevention. Disponível em: https://www.cdc.gov/vaccines/vpd/vaccines-age.html. Acesso em: 13/04/2020
  9. Ministério da Saúde. Disponível em: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/calendario-vacinacao. Acesso em 14/04/2020
  10. Albert Einstein. Disponível em: https://www.einstein.br/noticias/noticia/dose-unica-multipla-protecao. Acesso em 14/04/2020
  11. Ministério da Saúde. Gripe. [Internet] Disponível em: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/gripe Acesso em 14/04/2020
  12. Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS Brasil) [Internet]. Disponível em https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5429:opasoms-incentiva-publico-alvo-a-se-vacinar-contra-a-gripe-no-brasil&Itemid=820. Acesso em 14/04/2020
  13. Sociedade Brasileira de Imunização (SBim). Disponível em: https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-gripe-influenza. Acesso em 14/04/2020