Exposição Aedes: que mosquito é esse?

A mostra itinerante já passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Santos, no litoral paulista e Olinda, em Pernambuco, somando mais de 25 mil visitantes até 2016.

A Sanofi patrocina a iniciativa do Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, que trata de forma lúdica, interativa e dinâmica as características do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Em 2017, por meio de nova parceria entre Sanofi e Museu da Vida/Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, a exposição foi atualizada e relançada no Rio de Janeiro, de junho a agosto de 2017, e em São Paulo, de outubro a dezembro, com o total de 7.154 visitações no ano.

A exposição continua sua itinerância em 2018 e foi para Fortaleza, atingindo mais de 10.000 visitações entre janeiro e abril. Agora, a mostra se encontra em Olinda até março de 2019, no Espaço Ciência, e pode ser visitada por todos da região. Agendamentos podem ser realizados para grupos com mais de 10 visitantes no site do local.

Tour virtual

Se você não teve a oportunidade de conhecer presencialmente, faça uma visita virtual e passeie pelo universo desse mosquito.

ACESSE!


Sobre a Exposição

“Aedes: que mosquito é esse?" é dividida em seis módulos, e apresenta diversas atividades interativas que estão à disposição do público, entre elas o “Quintal Interativo”, em que é possível observar, com lupas, o ciclo de vida do Aedes aegypti e as fases ovo, larva, pupa e alada (adulto). O jogo “Detetive da Dengue” apresenta cenários com possíveis criadouros - o participante deve identificá-los e tocá-los para eliminar a ameaça, e quem encontrar e bloquear mais focos, ganha a partida e acumula pontos na passagem à próxima fase, com nova missão. A caça ao mosquito será intensa! Brincando, o visitante pode usar um aplicativo no celular para achar criadouros do inseto em locais distribuídos ao longo da exposição. Um óculos de realidade virtual mostra um tour do Aedes em locais como uma casa e uma praça.

Aedes: que mosquito é esse?
Conheça as atividades da exposição