Como não deixar a doença impactar no seu desempenho



No hipotireoidismo, a baixa produção dos hormônios T3 e T4 pela tireoide alteram o funcionamento do organismo. Com o tratamento certo, você mantém a qualidade da sua vida sexual, profissional e pessoal.

No hipotireoidismo, a baixa produção dos hormônios T3 e T4 pela tireoide alteram o funcionamento do organismo. “O metabolismo, por exemplo, fica mais lento e os sinais disso são sentidos no desempenho físico, sexual e intelectual”, diz o endocrinologista Leonardo Motta*, da All Clinik, no Rio de Janeiro, Isso pode ajudar a explicar a falta de vontade de sair do sedentarismo, de levantar da cama na segunda-feira mesmo tendo descaso no domingo, de raciocinar rápido no trabalho e de ter pique à noite para se relacionar com o parceiro.

Vire o jogo

“É bom deixar claro que os sintomas de comprometimento intelectual, sexual e físico do hipotireoidismo não são uma sina. Pelo contrário!”, avisa o endocrinologista. “Isso significa que você pode combater todos eles se fizer o tratamento adequado, como por exemplo, prática regular de atividade física, excelente para melhorar a disposição e o bom humor, entre outros benefícios, e seguir uma alimentação balanceada, com controle do consumo de sal. Afinal, o iodo presente no tempero pode prejudicar a tireoide”, completa o doutor Leonardo Motta*.

*CRM 52-854344
As orientações a seguir se referem à interpretação da literatura médica atual e às principais recomendações de sociedades médicas. Essas informações não devem estimular a automedicação e, sob nenhuma hipótese, substituem a avaliação de seu médico de confiança. Ele é o único profissional habilitado para avaliar a sua saúde e indicar a melhor conduta para o seu caso.
Usar remédios sem o conhecimento do seu médico pode ser extremamente perigoso para sua saúde.